Quem Somos

Avenida 27 nº. 1180 - Bairro: Centro - CEP 14.780-340 - Barretos/SP

Eletro Digital com Mapeamento Cerebral

Desde a descoberta do Eletroencéfalograma (EEG) por Hans Berger em 1.029 até os anos 80 o EEG foi o método mais importante de exame neurofisiológico. Com o advento da tecnologia computadorizada nos anos 80, tornou-se possível representar graficamente os potenciais de campo do EEG em modelos de couro cabeludo. O sucesso deste método, que começou no início dos anos 80, fez com que o mapeamento cerebral do EGG fosse cada vez mais usado com propósitos diagnósticos em neurologia (Epilepsia, Síndromes Demências, AVC, Tumores Cerebrais e etc) e psiquiatria (Esquizofrenia, Depressão e etc).

 

A vantagem do Mapeamento Cerebral em relação ao EEG é que ele usa a tecnologia computadorizada para quantificar o EEG e representar graficamente os resultados desta análise de uma forma compreensível, além de empregar testes estatísticos para dar significância aos dados analisados, isto é mais rigoroso que a análise convencional do EEG. Trata-se de um exame não-invasivo, permitindo exames de acompanhamento com a freqüência necessária e tem tempos de análise extremamente curtos (na faixa dos milissegundos), este não retrata estruturas anatômicas e sim a distribuição espacial variável dos campos elétricos gerados pelo cérebro.

 

As indicações para o uso do Mapeamento Cerebral são as mesmas do EEG Convencional, porém, com a vantagem distinta de que os dados são transferidos para o domínio espacial, dando-se a cada um dos 19 ou mais eletrodos colocados no couro cabeludo uma posição no mapa. Em suma, o Mapeamento Cerebral é uma técnica digital que forma mapas topográficos coloridos da atividade eletroencefalografica captada sobre o couro cabeludo.

 

Do ponto de vista técnico consiste na colocação dos eletrodos na superfície craniana, de acordo com o sistema internacional conhecido por sistema 10-20, desta forma os potenciais elétricos cerebrais são captados e amplificados por um sistema clássico de Eletroencefalograma. Entretanto antes da passagem desses potenciais para as etapas seguintes do exame, são submetidos a um tratamento matemático complexo conhecido por transformação rápida de Fourier. Durante a realização do exame, o EEG é exibido na tela do monitor (EEG DIGITAL) e, após o seu término pode ser gravado em CD. Encerrado o registro do eletroencefalograma, realiza-se a leitura e seleciona-se os melhores momentos para Mapeamento Cerebral, ou seja, este só é realizado após a escolha e a análise dos fragmentos do EGG digital.

 

...........................................................................................................................

Avenida 27 nº. 1180 - Bairro: Centro - CEP 14.780-340 - Barretos/SP